Abiteboul classificou resultado ocorrido no GP da Hungria como “decepcionante”

f

Sem pontos, o time de Enstone amargou o abandono ocorrido por Nico Hulkenberg. E a 12º colocação conquistada por Jolyon Palmer no circuito de Hungaroring.

 

Cyril Abiteboul classificou GP da Hungria como “decepcionante” para a Renault. No último domingo (30), o time de Enstone contou com o abandono de Nico Hulkenberg. E a 12º colocação conquistada por Jolyon Palmer na prova realizada no circuito de Hungaroring. Nesta segunda-feira (31), o diretor-geral da equipe francesa relatou o desempenho abaixo do esperado conquistado pela escuderia.

“Foi um resultado decepcionante a corrida do domingo passado”, respondeu. “Nós poderíamos ter conquistado melhor performance. Mas as nossas largadas não nos deram sorte o suficiente para tentar melhorar durante a corrida”, continuou.

Abiteboul classifica GP da Hungria como “decepcionante” para Renault

“Nico [Hulkenberg] não conseguiu se recuperar da penalidade por conta da caixa de marchas. Posteriormente, o seu carro foi danificado durante a corrida. E esse golpe fatal aconteceu enquanto ele estava lutando contra Magnussen”, destacou. “Sua corrida terminou de forma prematura por conta desse incidente”, comentou.

“No caso de Jo[lyon Palmer] conseguiu ter forte desempenho. Ele teve uma corrida limpa, mas não obteve o desempenho esperado para pontuar. Essas coisas acontecem numa corrida. Agora, vamos nos concentrar neste período de férias e tentar obter melhores resultados para o GP da Bélgica”.