Alonso abdica do GP de Mônaco e disputará as 500 milhas de Indianápolis

Alonso vai guiar nas 500 milhas de Indianápolis

A decisão foi tomada entre representantes da McLaren, da Honda e da Andretti e chocou os fãs da Fórmula 1. A promessa do espanhol é voltar para a categoria no GP do Canadá

 

Uma notícia surpreendente chocou os amantes da Fórmula 1 na manhã desta quarta-feira. Através de um anúncio oficial, a McLaren confirmou que Fernando Alonso irá disputar as 500 Milhas de Indianápolis ao invés do GP de Mônaco. As duas provas acontecem no mesmo dia e a notícia só foi confirmada depois de muita negociação entre a escuderia britânica, a Honda e a equipe Andretti, uma das principais da Fórmula Indy.

O desejo do espanhol de guiar durante as 500 milhas é antigo e será concretizado porque a Honda também é a fornecedora de motores da Andretti. Ficou decidido que Jenson Button, que se aposentou no final do último campeonato, irá substituir o bicampeão do mundo na prova em Monte Carlo. “A Indy 500 é uma das corridas mais famosas do calendário do esporte a motor do mundo. Estou confiante de que vou me adaptar rapidamente.”

O piloto da McLaren admitiu que sempre pensou em participar de uma corrida na Indy e que assiste regularmente o campeonato norte-americano. O espanhol aproveitou para acalmar os ânimos dos fãs da escuderia e confirmou sua presença no GP do Canadá. “Eu assisto muitas corridas da Indy pela TV e online. Sei que preciso ter muita precisão para pilotar carros que andam a mais de 300 km/h”, continuou.

Alonso vai guiar nas 500 milhas de Indianápolis

Além do espanhol, o diretor-executivo da McLaren, Zak Brown, ratificou a ausência de Alonso em Mônaco, mas demonstrou felicidade pela concretização do sonho do bicampeão do mundo. “Como um americano, sempre considerei a Indy 500 uma corrida fantástica, mesmo sendo apaixonado pela Fórmula 1. Estou muito feliz por colocar minha equipe e meu piloto nessa disputa.”

O diretor também agradeceu a confiança transmitida por Michael Andretti, dono da equipe que Alonso irá disputar a corrida americana. Amigos de longa data, Brown está confiante em uma possível vitória do espanhol na Indy.

“A equipe venceu as 500 milhas do ano passado com Alexander Rossi, que vai ser um dos companheiros de Alonso no mês que vem. Estou muito feliz porque Alonso vai fazer sua estreia em um dos carros de Michael.”

Vale lembrar que a última vez que um piloto de Fórmula 1 disputou as 500 Milhas de Indianápolis e o campeonato da maior categoria do automobilismo mundial ao mesmo tempo foi em 1994 com Nigel Mansell.