Alonso admite: Uma ou duas voltas a mais e perderíamos o pódio

Fernando Alonso admitiu a Ferrari poderia ter perdido a terceira colocação se não fosse o bom desempenho de Schumacher

O espanhol Fernando Alonso comemorou a sua chegada ao pódio no GP da Itália, neste domingo. A comemoração foi ainda maior porque o ferrarista admitiu que poderia ter perdido a posição para Lewis Hamilton, que chegou logo atrás dele. Para Alonso, o desempenho de Michael Schumacher foi fundamental para a chegada da Ferrari ao pódio.

Alonso ficou com a terceira colocação no GP da Itália

“Ele estava perto, eu acho que uma ou duas voltas a mais e, provavelmente, perderíamos o pódio”, admitiu Alonso. “Estávamos com um pouco de sorte com Michael e suas batalhas, porque Lewis perdeu 20 a 30 segundos nas primeiras voltas, por isso conseguimos essa lacuna”, complementou.

Logo no início da corrida, Fernando, que largou na quarta colocação, conseguiu ultrapassar todos que estavam a sua frente e chegou ao primeiro lugar. No entanto, a superioridade de Vettel fez com que o espanhol perdesse a posição nas voltas seguintes. Alonso explicou que forçou a ultrapassagem logo na largada porque ‘não tinha nada a perder’.

“Não temos nada a perder nas batalhas com Sebastian”, disse Alonso. “Ele está liderando o campeonato por 100 pontos, por isso, quando temos que defender, vamos ser um pouco mais duros com ele”, completou.

Fernando Alonso ainda lembrou que a Ferrari vem largando bem nas últimas corridas, mas os circuitos anteriores não tinham espaço suficiente para que o time italiano pudesse ganhar muitas posições. “Temos feito algumas boas largadas nas duas últimas corridas, mas quando se inicia em quinto ou sexto não há espaço suficiente para ultrapassar”, finalizou.