Apesar da 4ª posição, Raikkonen lamenta largada no Bahrein

Raikkonen será chamada para uma reunião com o presidente da Ferrari

Finlandês perdeu duas posições no início da corrida e ainda teve dificuldades em superar a Williams de Felipe Massa

 

Mais uma vez fora do pódio, o finlandês da Ferrari creditou o 4º lugar conquistado no GP do Bahrein pela péssima largada que fez. Raikkonen, que largou em 5º, perdeu duas posições no início da corrida e teve dificuldades em superar a Williams de Felipe Massa, principalmente após o safety car ser acionado.

Mesmo insatisfeito com sua largada, o “Homem de Gelo” elogiou o desempenho de seu SF70H durante a corrida. A Ferrari apresentou ritmo forte, tanto que Sebastian Vettel, mesmo largando na 3ª posição, conseguiu bater as Mercedes e vencer a corrida no Bahrein.

“Eu acho que o carro funcionou bem e, para ser honesto, não havia muitas queixas a se fazer neste aspecto”, disse Kimi. “Um monte de coisas boas aconteceu, mas o resultado final ainda é decepcionante. Eu tive um começo muito ruim e, em seguida, uma terrível primeira curva”, explicou o piloto da Ferrari.

Primeira curva do GP do Bahrein

Ao longo da corrida, Raikkonen sofreu para conseguir ultrapassar o brasileiro Felipe Massa. No entanto, na oitava volta, o finlandês conseguiu ganhar a posição do paulista, mas sofreu logo em seguida após o safety car ser acionado.

“Eu passei relativamente rápido por Massa, mas ai tive a infelicidade do carro de segurança ter entrado na pista e perdi minha posição. Em seguida, tentei passar por ele e, obviamente, estava um pouco atrás nesse ponto. Massa parecia muito rápido em determinados pontos da pista e foi muito complicado ultrapassá-lo”, disse Raikkonen.

Resumindo a corrida, o finlandês da Ferrari acrescentou: “Na primeira volta, eu não estava na posição ideal, em seguida veio o safety car. É infeliz o que aconteceu, apesar de conseguimos ter boa velocidade”.