Barrichello: Esse ano foi o meu melhor fisicamente

Na próxima temporada o Kers será um dos fatores mais utilizados pelas equipes da F1. E os pilotos já precisam se adaptar a esse novo dispositivo, ja que eles precisaram perder peso para melhorar a performance do carro.

Rubens Barrichello, que participou da cerimônia de premiação realizada pela revista “Autosport”, afirmou que não terá problemas com o peso. O piloto aifrmou que está na sua melhor condição física da sua carreira.

“Esse ano foi o meu melhor fisicamente, em termos de como eu senti meu corpo e de guiar o carro até o limite. Gostei dele inteiramente. Ano que vem, com o Kers, as pessoas no meu time estão pedindo para eu perder peso_ e estou totalmente preparado para isso”, afirmou.

Rubens ainda comparou o seu preparo físico antes e como estava este ano. O piloto brincou afirmando que atualmente tem tido fôlego para tudo, até brincar com seus filhos.

“Em casa, eu costumava sair para fazer uma hora de corrida e, quando voltava, minhas crianças pediriam para brincar e eu dizia que estava cansado. Mas, agora, estou fazendo as minhas corridas, brincando e torcendo para ter perdido o peso.”

Barrichello disse que tem conversado com pilotos mais jovens para dar conselhos sobre o preparo físico. O brasileiro afirmou que a preparação de hoje é muito melhor do que a que ele teve no início da carreira.

“Quando eu tenho a chance, eu dou uma pequena palavra aos rapazes mais jovens. Os garotos do futuro, aqueles que estão chegando agora, são, de verdade, melhores do que éramos. Eles são melhores do que o Rubens Barrichello de 1993, porque eles são mais bem preparados e têm simuladores e coisas assim. Mas eles também pilotavam karts já pensando na F-1”, disse.

Rubinho também comentou o fato de receber o prêmio por sua contribuição na F-1. Para ele, o seu sucesso está diretamente ligado ao fato dele viver “um dia de cada vez”.

“Você tem que pensar em um dia de cada vez. Você tem que ser você mesmo e aproveitar sua infância e tudo mais. Você tem que sonhar, mas sonhar é diferente de viver a F-1, e eu vivi um dia de cada vez_ acho que esse é o segredo. Sempre aproveitei muito a minha vida e estar aqui [na premiação] me deixa muito empolgado.”

Para finalizar Rubens Barrichello se mostrou confiante quanto à briga pelo título no ano que vem.

“Se as pessoas não acreditam que eu posso ser um campeão no ano que vem, tudo bem, mas eu acredito nisso e tenho que ir atrás. Tenho que sorrir para os problemas e ir atrás disso”, concluiu.