Booth quer ver os dois carros da Marussia completando a corrida no Canadá

Insatisfeito com os abandonos nas últimas corridas, John Booth quer acabar com os problemas de confiabilidade do MR01

O chefe da Marussia, John Booth, não está nada satisfeito com os constantes abandonos de Charles Pic nas últimas corridas disputadas. Levando em consideração o GP do Bahrein, o GP da Espanha e a corrida em Mônaco, o francês não conseguiu completar nenhuma das três provas. Por isso, Booth afirmou que a meta da equipe é conseguir completar o GP do Canadá com os seus dois pilotos.

Glock é o único piloto que tem conseguido completar as provas pela Marussia

Apesar de ver Timo Glock completando a maioria das corridas disputadas até o momento, Pic vem tendo dificuldades para cruzar a linha de chegada. Mesmo assim, o francês não vem sendo apontado como o culpado pelos abandonos. O chefe da escuderia russa admitiu que o desempenho do bólido não é dos melhores, além de que o carro de Pic não vem apresentando uma boa confiabilidade.

“A decepção das últimas etapas tem girado menos em torno do desempenho do carro e no ritmo de corrida, e mais em torno de alguns acertos e problemas de confiabilidade, especialmente para Charles”, admitiu Booth.

Embora admita as falhas apontadas pelo MR01, o dirigente espera que seus dois pilotos consigam completar a prova do Canadá, no próximo fim de semana.  “Nós estamos esperando que o GP do Canadá represente um pequeno ponto de virada e que nos coloque de volta no caminho certo novamente”, disse.

“Precisamos ter ambos os carros bem no treino classificatório, para ir bem na corrida e cruzar a linha de chegada ao final da corrida”, finalizou o dirigente.