Bratches confirma contratação de empresa especializada para ser responsável pela marca da Fórmula 1

Bratches

O CEO comercial da F1 afirmou que a CAA Sports deverá ser responsável pela criação de modelo de patrocínio para equipes do grid.

 

Aos poucos, a Liberty Media começa a remodelar revolucionariamente a Fórmula 1. Nesta quinta-feira (19), o CEO comercial da F1, Sean Bratches, revelou que a Liberty contratou a CAA Sports para gerenciar a marca F1 e todos os contratos de patrocínios em que envolvem o esporte. Bratches ainda revelou que as equipes devem contar com novo modelo de parceria-técnica no esporte.

“A CAA Sports será responsável pela nossa marca”, afirmou Bratches para a agência de notícias ‘Reuters’. “Ela também deverá nos ajudar em novos mercados. O portfólio de parceiros/patrocinadores das equipes também será remodelado. Particularmente na área de tecnologia” complementou.

Bratches afirma que Liberty deseja ver F1 em novos mercados, mas com o seu aspecto global

Bratches ainda destacou que os planos da Liberty Media é tornar a Fórmula 1 revolucionária, mas focada no mercado global. “Temos planos ambiciosos para entrar em novos mercados e desenvolver novas maneiras de comercialização do esporte”, declarou. “Mas a ativação da nossa marca será global. O objetivo é contar com a conquista de fãs em todo o mundo”.