Chase Carey pretende desenvolver peças padrão para os carros da F1

Carey pretende desenvolver peças padrões pra os carros da F1

A intenção é diminuir os custos na maior categoria do automobilismo mundial

 

Na opinião do CEO da Fórmula 1, Chase Carey, a categoria deveria desenvolver peças padrão para todas as equipes do grid com o intuito de diminuir a disparidade financeira na categoria.

Os orçamentos das escuderias variam bastante de ano para ano. A Ferrari, por exemplo, no último campeonato, gastou mais de 330 milhões de libras, enquanto a Force India, que conquistou um grande resultado, desembolsou 90 milhões de libras.

Várias diretores de equipes, como Zak Brown, da McLaren, apoiam a ideia de Carey, que pretende cortar os custos na Fórmula 1. Contudo, a intenção é que a categoria permaneça competitiva.

Carey pretende desenvolver peças padrão pra os carros da F1

“Há muitos caminhos para chegar até o desejo final. Nós não queremos padronizar os carros, já que é importante a competição, mas há peças que podem ser desenvolvidas da mesma maneira”, afirmou o CEO.

O chefão admitiu que os estudos ainda estão sendo desenvolvidos, mas que a intenção é concretizar a ideia o mais rápido possível. “Não queremos emburrecer os carros, mas acho que podemos padronizar os componentes.”

“Estamos procurando a melhor maneira para padronizar tudo. Isso iria melhorar a economia global do negócio e poderia beneficiar todo mundo e melhorar a concorrência no campeonato”, finalizou.