Claire revela porque Williams vetou ida de Bottas para a Ferrari

Claire

De acordo com a chefe de equipe do time de Grove, o time de Maranello tinha oferecido muito pouco em troca pela contratação do condutor finlandês.

 

Não é mais segredo para ninguém que Valtteri Bottas chegou a ser sondado pela Ferrari no fim da temporada de 2015 de Fórmula 1. A notícia chegou a ser negado pelo próprio finlandês. Mas, depois da contratação de Bottas pela Mercedes, a vice-chefe de equipe do time de Grove, Claire Williams, admitiu que Bottas chegou a ser quase seduzido pela proposta da escuderia de Maranello.

Nesta sexta-feira (17), Claire comentou novamente sobre o episódio. A vice-chefe justificou a sua posição, informando que não tinha liberado Bottas para a Ferrari pelo único fato que a Williams não teria muito a ganhar com esta decisão.

Claire (foto) revela os motivos que levaram a Williams não liberar Bottas para a Ferrari

“Valtteri [Bottas] tem sido uma parte muito importante na Williams”, citou Claire em entrevista para a revista britânica ‘Autosport’. “Ele possui aquela paixão que todo o piloto de corrida tem pela sua equipe. E ele sempre quer ter o melhor carro para tentar conquistar a sua primeira vitória na F1”, opinou.

“Quando você tem um piloto em que você sabe que outras equipes o desejam, você não poder força-lo a correr no seu carro. Mas, sim, tentar realizar e acreditar nas suas promessas. Valtteri cumpriu com o que nos disse e permaneceu na equipe”, justificou.

“Naquela época, a oportunidade que estava à disposição não era tão boa como a [da Mercedes] de agora. Nós não tínhamos muito que ganhar. Mas, agora tudo mudou. Valtteri está otimista com a sua nova equipe. E espera viver uma nova fase”, complementou.

Claire também comentou sobre o retorno de Felipe Massa para a Williams. “Eu tenho total confiança na decisão em que tomei”, respondeu. “Nós nos certificamos se ele [Massa] poderia ainda trabalhar conosco”, continuou.

“Acho que fizemos a coisa certa, sem remorsos. Qualquer um que o conhece [Massa], sabe que ele é um bom negócio para a equipe”, destacou. “Estou ansiosa para ver o que Felipe [Massa] poderá fazer com o novo carro. A pressão está lá fora, mas acho que ele vai se divertir muito”.