Corrida em Interlagos pode ser realizada pela última vez nesta temporada

Dória planeja vender circuito de Interlagos a Bernie Ecclestone

De acordo com Bernie Ecclestone, se acordos firmados não forem cumpridos até este ano, Interlagos pode ficar de fora do calendário em 2017

 

Apesar de ser um dos mais tradicionais da Fórmula 1, o Circuito de Interlagos pode ficar de fora da categoria em 2017.  Durante o GP do Canadá, o chefão da F1, Bernie Ecclestone, colocou em dúvida a realização da corrida no Brasil no ano que vem por conta da instabilidade à qual vive o país e pelo fato de acordos firmados com representantes da pista não terem sido concretizados.

2016 pode marcar última corrida em Interlagos

2016 pode marcar última corrida em Interlagos

Ao assinar o contrato com representantes de Interlagos, uma das condições de renovação era a de que novos paddocks seriam instalados até o ano passado. Como não aconteceu e por conta da dificuldade financeira no Brasil, Ecclestone deu a entender que a prova brasileira pode ser realizada até este ano. “Essa pode ser a última corrida lá”, afirmou durante a prova em Montreal.

Mesmo com contrato firmado até 2020, o chefão da Fórmula 1 não teria receio em excluir Interlagos do calendário, já que os compromissos que foram selados não estão sendo cumpridos pelos representantes do GP do Brasil. Resta saber se a prova brasileira seria transferida para outro circuito ou se o Brasil ficaria de fora da maior categoria do automobilismo mundial depois de 44 anos.