Dirigente afirma que ‘não há razão’ para Hamilton não continuar na McLaren

Piloto inglês vem tendo sua saída da equipe especulada por conta do contrato, que encerra no final do ano

Com contrato encerrando no final do ano, Lewis Hamilton vem tendo sua saída da McLaren especulada. No entanto, sabe-se que o inglês é praticamente um filho para a equipe britânica, que acompanha sua carreira desde a época de piloto amador. Por isso, as chances de renovação de contrato são grandes. Pelo menos é o que garante Ron Dennis, presidente da escuderia de Woking.

Hamilton tem tudo para continuar na McLaren, segundo presidente

Em entrevista à emissora BBC, Dennis falou que está confiante em uma reação da McLaren. “Nós tivemos um período ruim, mas acho que estamos fortes novamente”, disse o chefão. “Por isso, não há razão alguma para que Lewis não esteja em um de nossos carros no futuro. Acho que as pessoas estão com a impressão errada sobre isso”, acrescentou.

Com uma vitória este ano, Hamilton ocupa a quinta colocação no Mundial de Pilotos, com 92 pontos, 72 a menos que o líder Fernando Alonso, da Ferrari. “Se as coisas continuarem dessa maneira, tenho certeza de que ele estará sentado em um McLaren no próximo ano”, encerrou o presidente.