Dupla da Sauber possuem sentimentos diferentes sobre GP da Inglaterra

Ericsson

Enquanto Marcus Ericsson estava chateado com a 14º colocação. Pascal Wehrlein ficou chateado por ter terminado em 17º.

 

Os pilotos da Sauber terminaram o GP da Inglaterra com resultados distintos neste domingo (16), no circuito de Silverstone. Marcus Ericsson terminou na 14º colocação. Enquanto que Pascal Wehrlein finalizou em 17º. Após a corrida, Ericsson destacou que ficou com o sentimento positivo, mesmo ficando longe da zona de pontuação.

“Foi uma corrida bastante boa para mim”, respondeu. “Eu maximizei o máximo dos meus tempos de volta. Especialmente na segunda metade da prova”, destacou. “Claro que queríamos estar em uma posição mais alta e brigar pelos pontos. Mas o nosso ritmo não era o suficiente para isso”, continuou.

Ericsson obteve a 14º colocação durante GP da Inglaterra

“O time fez um bom trabalho para melhorar a configuração da nossa máquina durante a estadia em Silverstone. Temos trabalhado de forma pesada. E esperamos ter melhores resultados no GP da Hungria”, encerrou Ericsson.

Já o sentimento apresentado por Wehrlein foi de frustração por ter terminado na última colocação do GP da Inglaterra. “A corrida não foi como esperávamos”, respondeu. “Erramos na decisão de mudar a configuração dos pneus”, analisou.

“Então voltei para a pista com os pneus macios. Não consegui trabalha-los da melhor forma possível. Nos restou então trocar novamente os compostos pelos supermacios. Infelizmente este erro de estratégia atrapalhou o meu desempenho no circuito de Silverstone. Espero que possamos ficar mais fortes no GP da Hungria”.