Enquanto Gasly se aproxima da confirmação na Toro Rosso para 2018, Hartley luta para se firmar

O francês espera apenas a oficialização da equipe. Já Hartley, tem as 2 ultimas etapas para garantir seu assento

 

A escuderia já traçou aspectos importantes para a próxima temporada da Fórmula 1. Depois de confirmar a parceria de fornecimento de motores com a Honda, a equipe de Faenza se encaminha para definir a dupla de pilotos para o Mundial 2018.

Ainda falta a confirmação oficial, mas a presença de Pierre Gasly na garagem da STR é tida como certa para a competição de 2018. Por enquanto, o jovem francês garante a continuidade na equipe comandada por Helmut Marko, o Red Bull Junior Team, já que o programa não oferece nenhum outro nome que esteja pronto para a categoria.

É possível que na temporada 2018, a STR permaneça com a dupla inexperiente.

Por isso, Marko recorreu a Brendon Hartley, que já havia sido descartado da equipe em 2010, como substituto do russo Daniil Kvyat.

O próprio Hartley luta por uma vaga após o encerramento do programa da Porsche na classe LMP1. Ele tem a preferência e está à frente na lista de candidatos para uma vaga integral.

Outros nomes seriam Pascal Wehrlein e Marcus Ericsson, que estão em busca de oportunidades além da Sauber. Porém não tiveram sucesso em suas sondagens com a equipe italiana.