Satisfeito pelo que fiz com carro, diz alonso

Espanhol vai largar em quinto e afirmou que está mais pra quarto do que pra segundo

Com o vice-campeonato em aberto e a disputa entre Fernando Alonso, Jenson Button e Mark Webber, o espanhol está no meio dos concorrentes e precisa tirar os 11 pontos de diferença para o britânico, que ocupa a segunda colocação. O bicampeão  afirmou que é mais provável descer na classificação do que conquistar o vice campeonato.

Espanhol revelou que está mais fácil ficar em quarto do que em segundo

Será muito difícil alcançar o vice-campeonato. Eu preciso tirar 11 pontos de Jenson. Em uma corrida normal, sem imprevistos ou abandonos, é improvável tirar essa desvantagem. Não vou começar a corrida pensando nisso. Segundo, terceiro ou quarto lugar na tabela, o que vier será bem vindo. Com Webber largando em segundo, ele pode perfeitamente terminar à minha frente. Se ele terminar nessa mesma posição em que largou e eu não estiver entre os sete primeiros, ele me passa. Portanto, estou mais perto de completar o ano em quarto do que em segundo”, disse.

Alonso afirmou que, o fato de chegar na disputa pelo vice, é motivo de terminar o ano feliz devido ao fato da Ferrari ser a terceira força da Fórmula 1. “Independente do que acontecer na corrida, temos que encerrar o ano contente com o que fizemos, porque eu sei, a equipe sabe e todos sabem onde está nosso carro no momento. A F1 não é tão fácil como em outros esportes, onde fatores externos podem interferir com mais frequência e uma equipe pequena consegue superar uma grande. Aqui, as coisas se repetem mais. Portanto, não há nenhuma mágica que possamos esperar. Nossa única mágica é ter um carro competitivo e uma equipe mais preparada no ano que vem. O que me anima é ver que os projetistas estão mais contentes em novembro deste ano do que no do ano passado”, finalizou.