Ex-Mercedes, Lowe acerta ida para a Williams e assumirá cargo já no próximo mês

O ex-diretor técnico da Mercedes agora terá papel mais importante na Williams após substituir Pat Symonds

 

Após a saída do ex-diretor técnico da Williams, Pat Symonds, no final de dezembro, era esperado que a equipe Grove anunciasse, instantaneamente, Paddy Lowe em seu lugar. No entanto, a nomeação de Lowe na escuderia inglesa atrasou um pouco e o antigo funcionário da Mercedes começará os trabalhos a partir de março.

O atraso na nomeação de Lowe na Williams foi devido a um imbróglio na sua saída da Mercedes – Lowe deixou a equipe alemã apenas três semanas atrás -, e, além disso, sua função em Grove ainda não era precisa.

Segundo o autosport, Paddy Lowe vai assumir na função de diretor-geral da Williams e também adquiriu uma parte das ações da escuderia inglesa. Ao lado de Paddy, a escuderia inglesa continuará com os serviços da chefe de equipe, Claire Williams, e do presidente do grupo Mike O’Driscoll.

Lowe irá trabalhar ao lado de Claire na equipe inglesa

Lowe irá trabalhar ao lado de Claire na equipe inglesa

Em termos de hierarquia técnica, Lowe terá posição mais alta do que a exercida, anteriormente, por Symonds na equipe. Agora, o novo diretor-geral da equipe inglesa será a figura técnica mais importante da Williams.

Com previsão para começar a trabalhar em Grove no início de março, Lowe ainda precisa fornecer os detalhes finais com relação a sua saída da Mercedes para que tudo fique esclarecido de que ele pode trabalhar para outra equipe na temporada de 2017.