Fórmula E: FIA estuda possibilidade de fazer paralelamente categoria elétrica de turismo

Fórmula E pode ganhar categoria de turismo elétrico a partir de 2018

Segundo Jean Todt, o objetivo é colocar este campeonato seguindo o mesmo calendário da F-E. O plano é que até a temporada de 2018-19 essa meta seja realizada.

 

A Fórmula E deverá contar com categoria paralela com corridas elétricas desempenhadas por máquinas de turismo. Quem confirmou isso nesta sexta-feira (11) foi o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt. Segundo o chefão da FIA, o objetivo é que estes campeonatos em paralelo estejam tudo certo para acontecer a partir da temporada de 2018-19.

“Claramente queremos desenvolver corridas elétricas”, afirmou Todt em entrevista para a revista britânica ‘Autosport’. “Estamos discutindo e estudando a introdução do carro elétrico em outras categorias do automobilismo”, continuou. “E acho que seria uma boa ideia realizar uma prova de turismo [elétrico] todo o fim de semana”, argumentou.

Fórmula E pode ganhar categoria de turismo elétrico a partir de 2018

“Eu acho que há espaço para introduzir este tipo de categoria com a mesma infraestrutura da F-E. É algo que estamos pensando”, complementou.

A publicação também afirmou que além da série de turismo elétrico, a FIA também estuda a possibilidade de promover o Roborace junto com a Fórmula E – essa categoria é caracterizada pela condução de carros não-tripulados e pilotados pelos engenheiros através de controle remoto.