Hamilton pode se tornar maior vencedor do GP da Inglaterra até 2019, diz revista

Para revista,

De acordo com publicação, basta apenas o tricampeão mundial vencer a etapa de Silverstone no próximo ano para superar ícones como Jim Clark e Alain Prost, ambos possuem cinco vitórias na etapa britânica de F1.

 

O futuro reserva grandes surpresas para Lewis Hamilton e o GP da Inglaterra. Essa frase pode resumidamente descrever o artigo publicado pela revista britânica ‘Motorsport’ nesta segunda-feira (17), onde a publicação levantou a possibilidade de Hamilton se tornar o mais vencedor da etapa inglesa de Fórmula 1 já nos próximos dois anos seguintes, onde ele vai ter duas chance de obter a sua sexta vitória na carreira, passando assim, Jim Clark e Alain Prost para trás.

O artigo também ressaltou que o futuro do GP da Inglaterra ainda continua incerto. A Federação Britânica de Automobilismo (BRDC) decidiu ativar a cláusula de rompimento do circuito de Silverstone com a Fórmula 1 na semana passada. Com isso, a etapa britânica de F1 deverá somente ocorrer até 2019 – o que se torna imprevisíveis suas realizações nos anos seguintes, ressaltando assim, a possibilidade de realização do feito pelo tricampeão mundial.

Hamilton (foto) tem até 2019 para se tornar o maior vencedor do GP da Inglaterra

A revista também destacou que dos pilotos contemporâneos no grid da F1, Hamilton é o único que possui cinco vitórias conquistadas na sua carreira no GP da Inglaterra. O britânico venceu nas corridas realizadas em 2008, 2014, 2015, 2016 e 2017.

Já Fernando Alonso ocupa a quarta posição no ranking empatado com ícones como o argentino José Froilán Gonzaléz, o italiano Alberto Ascari, os britânicos Stirling Moss, David Coulthard e Jackie Stewart, o brasileiro Emerson Fittipaldi, o canadense Jacques Villeneuve e o australiano Mark Webber. Ambos os condutores possuem duas vitórias cada.

Outros como Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen venceram o GP da Inglaterra uma única vez. Assim como Rubens Barrichello, Ayrton Senna, Juan Pablo Montoya, Mika Hakkinen, Alan Jones, James Hunt, entre outros.

Por fim, a publicação destacou a consistência de Hamilton nos últimos anos de GP da Inglaterra. Desde de 2015 que Hamilton tem conquistado a pole position e a vitória na sua corrida de casa. Em 2014, o tricampeão mundial venceu. mas perdeu a possibilidade de obter o melhor resultado da qualificação no circuito de Silverstone, que naquele ano, foi cravado por Nico Rosberg, que obteve 1min35s766.