Hill diz que morte de Senna ajudou a Schumacher a ser heptacampeão

Damon Hill acredita que morte de Senna (foto) preparou terreno para as conquistas de Schumacher

Para o campeão de 1996, a conquista dos sete títulos de Schumacher só foram possíveis por conta da morte de Senna em 1994.

 

Damon Hill acredita que Michael Schumacher só conquistou os seus sete títulos mundiais por conta da falta de um piloto competitivo na Fórmula 1. O campeão de 1996 fez menção a possibilidade de que a morte de Ayrton Senna – que aconteceu no GP de San Marino em 1994 – abriu as condições para as conquistas do heptacampeonato de Schumacher nas temporadas de 1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004.

Damon Hill acredita que morte de Senna (foto) preparou terreno para as conquistas de Schumacher

Damon Hill acredita que morte de Senna (foto) preparou terreno para as conquistas de Schumacher

“A carreira de Schumacher foi levantada por conta da morte precoce de Senna. Mesmo correndo com os problemas no motor, naquele ano, Ayrton [Senna] tinha todas as condições de ganhar o título, nem que se fosse na última curva do último GP daquele ano. Mas por conta daquele acidente, terminamos assistindo a o ressurgimento de Michael nos anos 2000”, declarou Hill para o jornal britânico ‘The Guardian’

O ex-piloto campeão de 1996 ainda fez uma analogia sobre os atuais drivers do grid. “Por que nenhum dos drivers atuais tem tanto respeito e consideração quanto os do passado? Porque nenhum dos pilotos da atual F1 é multifacetado como Senna, Lauda e Hunt. Por que eles podem ser rápidos, mas não habilidosos”, criticou.

Hill acredita que a maioria dos pilotos não conseguiria se adaptar à Fórmula 1 da década de 70’, quando não existia tanta segurança  e tecnologia quanto tem na F1 atual. “Acredito que grande parte dos pilotos atuais não conseguiria uma boa volta. O motivo disso é que, naquela época, as máquinas tinham menos tecnologias e eram mais manuais. Ao contrário do que estão acostumados os drivers de hoje”, finalizou.