Kaltenborn se diz decepcionada com resultado da Sauber no GP do Canadá

Kaltenborn se diz decepcionada com desempenho da Sauber no GP do Canadá

Segundo a chefe de equipe do time de Hinwil, tanto Marcus Ericsson como Pascal Werhlein não tinham carro competitivo para brigar por pontos na etapa de Montreal.

 

A Sauber terminou o GP do Canadá sem levar pontos para o Mundial de Construtores da temporada de 2017 de Fórmula 1. No domingo passado (11), Marcus Ericsson e Pascal Wehrlein finalizaram a prova disputada no circuito Gilles Villeneuve nas 13º e 15º colocações, respectivamente. Nesta segunda-feira (12), Monisha Kaltenborn analisou o desempenho apresentado pelos condutores da escuderia de Hinwil. A chefe de equipe admitiu que ficou “decepcionada” pelo C36 não ter velocidade o suficiente para brigar por pontos.

“Embora tenhamos antecipado que este seria um fim de semana difícil, o resultado em que tivemos na pista foi bastante decepcionante”, respondeu Kaltenborn.

Kaltenborn se diz decepcionada com desempenho da Sauber no GP do Canadá

“Apesar das condições desafiadoras, Marcus [Ericsson] apresentou uma boa condição competitiva. Ele se dedicou e foi bastante consistente”, continuou. “Já Pascal [Wehrlein] não conseguiu gerenciar os pneus. O que aconteceu com ele está sob análise da nossa equipe. Mas suspeitamos que isso ocorreu por conta da mudança no perfil aerodinâmico”, opinou.

“De qualquer forma, nossa equipe perdeu em termos de ritmo. O nosso carro não tinha velocidade o suficiente para chegar perto dos pontos. Acho que iremos analisar isso, principalmente nos termos aerodinâmicos para Baku”.