Kubica rompe com a Renault e busca vaga em outra equipe

A inesperada negociação de Sainz também surpreendeu Kubica, que agora vai atrás de outra oportunidade.

 

Robert Kubica ainda não desistiu de disputar a Fórmula 1 em 2018. Sem espaço para voltar pilotando pela Renault, o polonês rompeu o contrato com a equipe e vai atrás de uma nova oportunidade para a próxima temporada.

O piloto que já havia assinado um breve acordo com a Renault, quando realizou seus primeiros testes ainda com o carro 2012 no primeiro semestre deste ano. Kubica esperava ficar com a vaga ocupada por Jolyon Palmer, entretanto, foi preterido por Carlos Sainz, que formará dupla com Nico Hulkenberg em 2018 – acordo ainda não foi oficializado.

O piloto espera correr por outra equipe na próxima temporada.

Agora ele está livre do seu acordo com a equipe francesa e negocia novas possibilidades. De acordo com o site automobilístico, duas potenciais escuderias estariam interessadas em seus serviços. Seriam a Sauber e a Williams, que ainda não fecharam seu time de pilotos para o ano que vem.

Robert não compete pela Fórmula 1 desde 2010, por conta do crítico acidente que sofreu enquanto disputava uma prova de rali em 2012, o que deixou graves lesões em seu braço direito. Ainda assim, terminou seu teste oficial com a Renault, pilotando o modelo 2017, com o 6º melhor tempo combinando os dois dias de atividades.