Kvyat admitiu que rebaixamento da Red Bull influenciou no seu desempenho na STR

Kvyat

O piloto russo afirmou que teve problemas para adquirir o ritmo desejado pelo time de Faenza devido a perda da sua posição na escuderia de Milton Keynes para Max Verstappen.

 

Daniil Kvyat confirmou o que estava difícil de esconder. Nesta segunda-feira (15), o piloto russo admitiu que o seu rebaixamento na Red Bull Racing (RBR) resultou na sua queda de desempenho nas oito corridas em que pilotou para a Scuderia Toro Rosso (STR).

“Eles [Red Bull] me fizeram ser um piloto muito forte”, admitiu Kvyat para a revista britânica ‘Autosport’. “Mas, agora, eu não sou tão forte pelo que tenha me ocorrido nos últimos meses”, argumentou.

Kvyat

Kvyat reconheceu que seu desempenho caiu após rebaixamento da Red Bull

“Mas, isso não é desculpa. Essas coisas no final deve me tornar ainda mais forte. Mas, claro, tudo isso me fez refletir. Pois encarar estas coisas não é nada fácil”, complementou.

Kvyat também comentou sobre as recentes declarações do chefe de equipe da Toro Rosso, Franz Tost. O condutor russo afirmou que tem certeza que vai melhorar o seu ritmo nas nove corridas restantes desta temporada.

“Tem sido uma temporada interrompida”, argumentou. “Eu posso dizer que tive dois desafios para este ano”, continuou. “De um lado, a minha batalha pela Red Bull foi interrompida”, declarou.

“Do outro, a Toro Rosso me deu novas metas para tentar bater. Sinto que posso melhorar para o segundo semestre. Estou me tornando confiante, passo a passo. Eu melhorando o meu ritmo no carro. E acredito que o feddback deve ocorrer nas próximas corridas”.