Lotus sem KERS nas primeiras corridas

Após a apresentação do novo modelo para 2011, a Team Lotus confirmou que não deverá utilizar o KERS, pelo menos nas primeiras corridas. A decisão foi comemorada pelos responsáveis pelo desenho do carro.

O chefe dos designes da equipe afirmou que a não utilização do KERS fez com que houvesse mais facilidade no desenho do carro. “A decisão de não usar o KERS fez o trabalho do design um pouco mais fácil, porque encaixá-lo no carro seria mais uma dor de cabeça”, afirmou Lewis Butler.

Marianne Hinson, também confirmou que não ter o KERS ajudou no desenvolvimento da aerodinâmica. “Foi a mesma coisa para nós da aerodinâmica: não ter o KERS na realidade facilita na hora de montar todos os componentes, levando em conta as limitações das formas aerodinâmicas em algumas áreas”, explicou a responsável pela aerodinâmica do T128

Entretanto, Keith Saunt não descartou a utilização do KERS durante a temporada. Saunt acredita que tudo vai depender da necessidade da equipe. “Se o KERS puder nos levar do oitavo para o sexto lugar, então nós o teremos. Mas quando você olha o peso e os desafios na engenharia, eu penso que é uma boa decisão não começar com ele”, afirmou.

Nós poderemos terminar o ano com ele. Quem sabe? Se precisarmos, nós temos aqui muitas pessoas experientes que poderão fazer esse trabalho. Se nós tivermos que desenhar um catamarã  motorizado em um dia, eu admito que podemos fazer isso também. Tem gente muito esperta aqui na Lotus”, completou Saunt.