Massa lamenta por dia improdutivo no circuito de Xangai

Massa confiante para a Rússia

O piloto brasileiro afirmou que o problema ocorrido nas rodas traseiras do FW38 o atrapalhou na busca do set-up da sua máquina durante a execução dos treinos livres para o GP da China.

 

A sexta-feira (15) de treinos livres foi bastante complicada para Felipe Massa. Logo no TL1, o piloto brasileiro teve que encerrar o seu cronograma por conta do furo ocorrido no pneu traseiro esquerdo do seu FW38. Já no TL2, Massa não conseguiu executar um forte desempenho, terminando o dia como o 14º tempo na pista chinesa, com 1min39s214.

Massa

Massa lamenta por dia perdido por conta de furo no pneu traseiro esquerdo do FW38

Chateado com os contratempos, Massa afirmou que o único ponto positivo desta sexta foi a resolução do problema apresentado no seu FW38. “Pelo menos, identificamos a falha e o corrigimos”, citou.

“Tivemos um problema na roda. Identificamos o que foi e realizamos a mudança. Na sessão da tarde, fui capaz de executar sem haver nenhum problema. Isso é bom”, declarou.

“Em geral, o dia não foi bom. Porque perdemos a primeira sessão e deparei com o carro somente na segunda. Sem referências, não foi fácil entender o sentimento com o carro e com os pneus. Mas, também, a sua degradação parece muito elevado para nós”, complementou.

Por fim, Massa comentou sobre a possibilidade de chuva na qualificação do GP da China. “Seria bom”, opinou. “Pois isso mudaria as coisas para todos”, continuou. “Mas, acho que por outro lado, vai ser difícil, pois não vai ter ninguém para nos orientar no rádio. Todos nós estaríamos na mesma condição”.