Montadoras podem voltar à F1

Martin Whitmarsh acredita que nos próximos cinco anos, algumas montadoras  podem retornar a Fórmula 1. Três equipes abandonaram a categoria, a Honda, Toyota e BMW. A Renault, atualmente, só é dona apenas da fábrica de motores. A Lotus Renault pertence ao Grupo Genii. A Ferrari e a Mercedes vão permanecer.

Curta a página do F1Team no Facebook

Siga o F1Team no Twitter

“O esporte tem que ser sustentável, como a Ferrari e nós não podemos apenas correr contra uns ou outros. Precisamos de todas essas outras equipes para a sustentabilidade, que é uma questão importante”, disse Whitmarsh ao site oficial da Fórmula 1.

Montadoras podem voltar à F1

Whitmarsh defende que presença das montadoras deixam F1 mais sustentável

“Temos metade da Renault, temos Mercedes e Ferrari, mas na verdade nós precisamos criar um ambiente de governação, de regulamentos, de estabilidade e de entretenimento que convence a Honda, Toyota e BMW, que era errado sair e eu acredito que, com o tempo, vamos recuperá-los e, provavelmente, adicionar a Volkswagen, Audi e a Hyundai. Precisamos criar um ambiente que coloque-os para dentro”, acrescentou.