No Brasil, Massa opina sobre motores e fala sobre seu futuro

A meta é prosseguir com a crescente e pontuar com os dois motoristas em Austin.

Piloto brasileiro, que já anunciou sua aposentadoria, afirma que unidades de potência mais baratas poderiam atrair mais empresas para a categoria e afirma que pode procurar Formula E

 

Felipe Massa foi às redes sociais para contar aos fãs que esse seria sua última temporada na Formula 1. Durante a preparação para o que vai ser sua última corrida em casa pilotando um carro da elite do automobilismo mundial, ele contou à imprensa os debates que estão ocorrendo sobre o futuro da categoria. Para o brasileiro, a F1 precisa de mais fornecedoras que as três únicas que existem na categoria. Ele ainda falou sobre seu futuro, afirmando que não vai voltar a correr imediatamente.

“Eu acho que o caminho é tentar fazer uma unidade de motor um pouco mais simples, até para atrair mais investimentos e outras empresas para a Fórmula 1. Hoje em dia temos apenas três fábricas que fazem essa parte de motor. Lógico que falar sobre a parte técnica ainda é muito cedo. Afinal, tivemos uma pequena demonstração e mudanças ainda podem acontecer em cima disso, mas a ideia da F1 hoje em dia é de tentar fazer as coisas de uma maneira um pouco mais simples até em função do show e principalmente no lado técnico, que é complexo”, contou Felipe Massa.

Massa ocupa, atualmente, a 11ª colocação no mundial de pilotos

O último piloto brasileiro da F1, até o momento, aproveitou a oportunidade para falar um pouco sobre seu futuro. Massa vinha em uma disputa acirrada com Robert Kubica, Paul di Resta, Pascal Wehrlein e Daniil Kvyat para a vaga de 2018, e conta que, agora que vai sair da Formula 1, não pensa em partir imediatamente para outra categoria.

“Eu gosto de correr e devo continuar a correr em alguma categoria. Não sei se vai ser logo de cara, pois preciso pensar e correr, mas não apenas para continuar correndo, mas em alguma categoria onde eu possa ser útil, importante e onde eu me divirta. Vou precisar de um pouco mais de tempo para entender aquilo que eu vou fazer, mas com certeza vou aproveitar esse tempo para estar mais com a minha família”, contou Massa.

Ele ainda finalizou voltando a falar sobre uma possível ida para a Formula E: “A Fórmula E é uma categoria que está crescendo muito e é uma categoria que faz parte dos meus pensamentos para correr no futuro, só que é um campeonato que começa gora. Acaba a Fórmula 1, já começa a Fórmula E e a maioria das equipes já está acertada. Se eu for correr em alguma categoria eu quero, em primeiro lugar, correr em uma equipe boa. Então, sem dúvida, não será neste campeonato”.