Para Hakkinen, as equipes deveriam ser punidas, não os pilotos

Hakkinen afirma que Rosberg está pronto para ser campeão

Mika Häkkinen, afirmou que sempre foi normal receber pena por má conduta na pista, porém problemas técnicos não devem recair sobre pilotos

 

O ex-bicampeão diz que a disputa na Itália mostrou o suficiente em relação a penalidades recebidas por pilotos por conta de problemas no regulamento ou mudanças da caixa de velocidades. Um dos destaques do ultimo GP de Monza foi que apenas o pole, Lewis Hamilton, começou a partir da posição em que conquistou no classificatório.

Para o bicampeão mundial da Fórmula 1, as equipes é que devem ser punidas por problemas técnicos e não os motoristas, classificando o sistema atual como injusto. ” É ridículo que um motorista seja posto na parte de trás do grid porque seu motor precisa ser substituído, enquanto isso não é culpa dele e sim da equipe”, escreveu em sua coluna.

Hakkinen não concorda com penalidades aos pilotos por problemas no motor.

Segundo o ex-piloto finlandês, receber uma penalidade por mau comportamento na pista é normal, mas atualmente as transmissões e motores são muito mais complexos do que quando competia e é injusto penalizar um motorista pela substituição de alguma peça. ” Com o sistema atual, é como se uma criança tenha feito algo de errado na escola, e isso era puniria toda a sua família e não apenas ele. Não faz sentido, e os fãs da fórmula 1 realmente encontram problemas ao ver seus heróis forçados a partir do fundo do grid devido a uma mudança da caixa de câmbio ou unidade de força” e finalizou: ”Quem deve ser penalizado, não é o motorista, fãs do esporte querem ver o seu herói  saltar da posição para a qual eles são qualificados.