Para sanar pendências, Manor e Sauber teriam pedido cota antecipada a Ecclestone

Ecclestone

Segundo site britânico “Autosport”, solicitação das equipes já foi aceita pelo mandatário da F-1.

 

No calendário de cotas da Fórmula 1, os meses de dezembro e janeiro são “mortos”. Não há qualquer tipo de pagamento nesses meses. O que complica a vida das equipes com pouco recurso financeiro. É o caso de Manor, Sauber, Force India e Lotus.

Primeiro-ministro

Bernie Ecclestone foi acionado por escuderias de menor expressão para seguir na F-1.

Segundo a site britânico “Autosport”, as duas primeiras citadas teriam feito um pedido para o presidente da maior categoria do automobilismo, Bernie Ecclestone: o adiantamento do montante pago para participação na temporada 2016.

De acordo com a publicação, o consentimento das outras equipes do grid podem ajudar a Ecclestone aceitar as condições. Porta-voz das escuderias com menor expressão, a Force India tem dado total apoio a Manor e Sauber.

Outro fato que motivou aos times pedirem dinheiro com antecipação à Bernie foi a questão dos motores. Dependendo das construtoras para traçar o planejamento de pré-temporada, as escuderias estão sendo pressionadas para o pagamento do serviço.