Porsche teria planos de comprar parte das ações da Red Bull, diz revista

Segundo revista,

Segundo a imprensa alemã, a proposta está em análise desde 2015, quando eclodiu o escândalo do ‘dieselgate’, que  rendeu bilhões em prejuízo para o Grupo Volkswagen.

 

Nesta quarta-feira (13), a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’ informou que a Porsche tinha planos de comprar parte das ações da Red Bull Racing (RBR) para entrar na Fórmula 1. O rumor, segundo a revista, refere-se para uma proposta de venda que foi realizada pela montadora germânica para Dietrich Mateschitz por meados de 2015.

O relatório ainda aponta que as negociações não foram para frente por conta do escândalo do ‘Dieselgate’, que ocorreu ainda em 2015, quando o Grupo Volkswagen perdeu bilhões de Euros devido à falsificação dos dados de exaustão dos seus motores movidos a diesel.

Segundo revista, Porsche teria planos de comprar a Red Bull

Sobre o novo rumor de compra da Red Bull pela Porsche, a revista destacou que o assunto foi revivido após a mudança de administração da F1, onde Bernie Ecclestone foi substituído pela tríade: Ross Brawn, Sean Bratches e Chase Carey. No entanto, o atual Pacto de Concórdia tem impedido os avanços nas negociações, segundo a publicação. No caso, a equipe continuaria com o mesmo nome RBR, mas com motores híbridos da marca pertencente ao Grupo Volkswagen.

A revista ainda destaca a possibilidade da compra das ações financeiras da Red Bull ser realizada para a temporada de 2021 – ano este que o Pacto de Concórdia não terá mais validade. E ainda haverá a introdução de novo regulamento de motor na F1.