Prost diz que Verstappen merecia pódio no GP dos EUA

Prost

Segundo o tetracampeão mundial, a manobra de ultrapassagem feita contra a Ferrari de Kimi Raikkonen pode ser considerada como normal para corrida.

 

Para Alain Prost, Max Verstappen foi injustiçado com a perda do pódio conquistado no último GP dos EUA. Para quem não está lembrando, o piloto da Red Bull Racing (RBR) ultrapassou a Ferrari de Kimi Raikkonen nas últimas voltas da corrida de Austin, utilizando a borda da área de escape localizada na curva 16.

Diante da manobra, os comissários de prova da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) consideraram a ultrapassagem como ilegal, devolvendo assim a terceira posição para Raikkonen.

Prost sai em defesa de Verstappen sobre perda do pódio em Austin

“Desde o momento em que você faz circuitos com bordas que não são mais fronteiras, mas apenas a continuidade lógica da pista, não vejo por que ele deveria ter sido sancionado”, disse Prost em entrevista para a emissora de TV francesa ‘Canal Plus’.

“Ele [Verstappen] não está no pódio mais, não é normal… Não, acho que não é muito normal, há coisas que merecem mais sancionado [na F1] do que este de qualquer maneira”.