Razia espera ser titular da Lotus em 2012

Correndo na GP2 pela equipe afiliada da Team Lotus, a Air Asia, Luiz Razia espera ter a chance de se tornar titular da escuderia de Tony Fernandes já na próxima temporada. Entretanto, é preciso que uma vaga no time seja desocupada. O piloto mais cotado para deixar o cockpit da Lotus é Jarno Trulli, de 36 anos.

Razia elogiou bastante a estrutura da Lotus na F1 e o crescimento da Air Asia na GP2. “A nossa equipe de F-1 é melhor, mais estruturada, com parcerias que animam. O time pode crescer, a equipe de GP2 está andando mais do que esperava. Estou contente, com mais experiência, as oportunidades estão melhores, a integração é melhor”, disse ele, que está na nona colocação no campeonato da categoria.

No ano passado, o brasileiro teve a mesma função desse ano, sendo que na Virgin. Nesta temporada, o piloto já testou no treino livre da sexta-feira do GP da China, e ainda terá mais três sextas para correr pela escuderia. Luiz disse que, para o GP do Brasil, ele já está confirmado, só falta esperar a Lotus estabelecer quando serão as outras duas oportunidades do baiano na F1.

“O Brasil com certeza está marcado. As outras duas ainda estamos pensando, a gente vai decidir depois de Monza, depois da GP2, porque nas provas europeias não podemos conciliar duas categorias”, explicou o atleta, que falou da dura tarefa em arrumar patrocínios para ingressar na elite do automobilismo.

“É a realidade. Não é o fim do mundo porque a F-1 vive de patrocínio. O que está errado é os pilotos terem de procurar. Além da pressão por resultados, temos de corrrer atrás, o que causa desgaste”, encerrou o brasileiro.