Vandoorne quer esquecer incidente sofrido com Massa no GP da Espanha

Vandoorne

O condutor da McLaren-Honda reafirmou que não tinha visto a aproximação da Williams do condutor brasileiro. E que aceitou a penalidade de três posições para o GP de Mônaco.

 

Stoffel Vandoorne deseja esquecer o incidente em que sofreu com Felipe Massa durante o GP da Espanha, corrida esta realizada no domingo passado (14), no circuito da Catalunha. Na ocasião, o condutor da McLaren-Honda estava sob ataque do piloto da Williams. Ao tentar se fechar no fim do primeiro setor, Vandoorne não deu espaço o suficiente para o carro de Massa. Ambas as máquinas se tocaram. E o belga levou a pior, pois foi arremessado para a caixa de brita, dando fim para sua corrida. E para complementar, os comissários de prova da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) ainda o aplicou a penalidade de perda de três colocações para o GP de Mônaco.

“Minha própria corrida não foi como o planejado devido ao choque em que tive com Massa”, afirmou Vandoorne na sua coluna publicada na revista britânica ‘Motorsport’. “Nós no tocamos no fim do primeiro setor”, continuou. “O que é difícil nessas condições é o posicionamento dos carros”, explicou.

Vandoorne deseja esquecer frustrante GP da Espanha do domingo passado (14)

“Eu lembro que estava correndo quando o vi no retrovisor. Então, eu optei por acelerar ainda mais para manter a lacuna. No momento da curva, eu não o vi, mas ele estava mais veloz do que eu e tentou me ultrapassar”, relembrou. “Eu tinha a certeza que tinha colocado espaço o suficiente. Mas não foi, nos tocamos”, descreveu.

“O confronto entre nós arruinou a minha corrida. E também me deu uma penalidade de três posições para o GP de Mônaco. Então, eu tenho que aceitar a situação agora. Eu não vou gemer e nem ficar frustrado com isso”, complementou.

Vandoorne ainda comentou sobre suas perspectivas para o GP de Mônaco. “Monte Carlo é certamente uma pista que eu gosto. E sempre temos uma corrida emocionante. Eu já ganhei por lá na GP2. Então definitivamente, eu espero poder fazer o meu melhor”.