Vasseur fica satisfeito com desempenho dos pilotos da Sauber em Monza

D

O chefe de equipe lamentou pelo abandono de Marcus Ericsson. E ainda destacou ritmo apresentado pelo carro de Pascal Wehrlein.

 

A Sauber terminou o último GP da Itália longe da zona de pontuação. De um lado, Pascal Wehrlein finalizou na 16º colocação. Do outro, Marcus Ericsson mostrou forte ritmo, mas terminou abandonando a prova por conta de problemas técnicos no seu C36.

Nesta segunda-feira (4), o chefe de equipe da Sauber, Frederic Vasseur, comentou sobre o desempenha da sua escuderia no GP da Itália. Vasseur lamentou pelo abandono de Ericsson. Mas se mostrou satisfeito com o ritmo empregado por Wehrlein.

Vasseur ficou satisfeito com desempenho de Wehrlein (foto) no GP da Itália

“Em comparação com o resto do fim de semana, nosso ritmo de corrida foi aceitável”, disse. “Mesmo que os resultados não mostrem exatamente isso”, continuou.

“Pascal [Wehrlein] e Marcus [Ericsson] fizeram um bom trabalho para manter um ritmo decente. Infelizmente, Marcus teve que abandonar logo perto do final da corrida. Agora estamos indo para Cingapura para a primeira parada da temporada de corrida asiática”.