Verstappen diz que vai ter que conversar ainda mais com Ricciardo sobre acidente ocorrido no GP da Hungria

Verstappen garante permanência na RBR até o final de 2018

O condutor da Red Bull Racing afirmou que teve uma conversa inicialmente com o australiano. Mas que deverá se reunir depois das férias para colocar tudo em limpo.

 

Max Verstappen afirmou que ainda não chegou a se desculpar completamente com Daniel Ricciardo por conta do acidente ocorrido no último GP da Hungria, corrida esta realizada no último domingo (30), no circuito de Hungaroring. O condutor holandês confirmou que conversou com o australiano por telefone. No entanto, Ricciardo pediu para conversar com Verstappen após o período de férias da Fórmula 1 – que deverá se estender até 25 de agosto que é quando começa o fim de semana do GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps.

“Eu conversei com ele, mas provavelmente, iremos conversar novamente antes da próxima corrida, em algum momento”, afirmou Verstappen em entrevista para a revista britânica ‘Motorsport’. “Nós sempre tivemos um bom relacionamento. Eu acho que poderemos voltar ao normal. Mas vou manter o conteúdo da nossa conversa entre mim e Daniel [Ricciardo]”, complementou.

Verstappen (foto) confirmou que deverá conversar com Ricciardo sobre incidente na Hungria

Verstappen também voltou a se justificar sobre o acidente ocorrido no GP da Hungria. “Você sabe que na primeira volta tudo pode acontecer”, respondeu. “E você precisa tentar entrar na melhor posição possível. É quando você vai por isso. Porque esta será a sua posição. Você faz tudo o que pode. E claro para avançar”, descreveu.

“Eu o bloqueie, então, ele tornou passageiro do meu próprio carro. Olhe nós dois estávamos ansiosos para avançar para frente. Eu bati em Daniel porque tinha um outro carro na minha frente. Para evitar esse acidente, terminei trancando Daniel. E isso é claro que não foi de propósito”.