Vettel assume superioridade do rival no Brasil: “A Mercedes parecia muito forte, ambos estão um pouco à frente”

O alemão acha difícil competir com os dois carros da equipe campeã de 2017

 

No primeiro dia de trabalhos em Interlagos, Sebastian Vettel conseguiu o 6º melhor tempo pela manhã e registou a 4ª melhor marca no TL2 desta sexta-feira.

Ele falou sobre seu desempenho no trajeto e praticamente descartou qualquer chance de briga em relação à igualdade de condições com as Mercedes de Valtteri Bottas e Lewis Hamilton. “Acho que conseguimos correr mais do que o esperado, não houve chuva. Por isso, se tornou um pouco mais fácil. As Mercedes parecem que estão mais rápidas e então a briga ficará entre a Red Bull e nós mesmos.”

“A Mercedes parecia muito forte, ambos estão um pouco à frente”, admitiu o tetracampeão.

Sem problemas durante o dia de treinos, Seb espera se sair melhor nos testes de amanhã.

Mesmo assumindo a superioridade do rival, o piloto da Scuderia elogiou a pista paulista e exaltou o fato de trabalhar no carro nos dois treinos. “Planejamos andar muito para ver como estão os pneus. A pista estava boa. Pudemos ajustar o equilíbrio e isso deve nos ajudar a conseguir o ritmo para a classificação e também para a corrida. Mas, como eu disse, será difícil chegar na Mercedes.”

Sem problemas durante o dia de treinos, Sebastian garante que ainda pode melhorar para os testes de sábado. “Foi um dia mais silencioso, eu gosto disso. Veremos o que temos amanhã. Acho que podemos ajustar o equilíbrio e isso deve nos ajudar. Vai ser difícil superar a Mercedes. Eles parecem muito rápidos em todas as condições e em todos os pneus.”