Vettel volta a afirmar que não quer sair da RBR

A boa fase do alemão Sebastian Vettel está lhe trazendo muitos frutos e muitas especulações. Entretanto, a Red Bull fez questão de acabar com uma nas últimas semanas. Após algumas declarações do piloto, a imprensa mundial passou a cogitar a possibilidade de Vettel trocar o time dos energéticos pela Ferrari. A RBR não perdeu tempo e renovou o contrato do alemão por mais 4 anos.

Se vendo no meio de tanta polêmica, Sebastian afirmou que não pensa em sair da Red Bull por enquanto. O principal motivo apontado por ele foi a competitividade que ele tem a bordo do carro da equipe austríaca. O atual campeão da F1 também comentou que a renovação de contrato não foi resolvida em pouco tempo.

“Isso não é algo que se decide em um dia. Pelo menos, não foi assim que eu decidi. Eu me sinto bastante confortável a equipe e não há nada que eu queira mudar. Temos o mesmo objetivo e conquistamos muito juntos. Minha prioridade número 1 é continuar vencendo corridas e estar no topo. Não me levem a mal, eu amo guiar, mas também amo competir. E estou muito confiante que eu posso fazer isso com a equipe em que estou”, disse Vettel.

O alemão não quis revelar o valor do seu contrato atual e nem do anterior, mas as informações é que o jovem piloto deverá receber cerca de 13 milhões de euros por ano. ” Bem, eu tenho um novo contrato, mas não vou dizer quanto era meu salário no passado e quanto vai ser no futuro”, disse.

Como a maioria dos pilotos, Vettel tratou de rasgar elogios à Austrália. Para o alemão, a receptividade do povo australiano é muito gratificante. “Eu amo vir para cá. Especialmente como alemão, em nosso país, se leva muito tempo até que alguém te chame de amigo, e aqui, acho que o país inteiro está me chamando de companheiro. Geralmente, o clima é bom, não como hoje, e realmente eu gosto da pista. Além disso, eles têm um belo troféu com um canguru, então, você só pode [querer] ficar aqui”, concluiu.