Villeneuve não poupa criticas ao desempenho de Bottas no Brasil: “vergonhoso”

Canadense condena a atuação do finlandês e destaca o fato de Hamilton ter terminado apenas a 2s7 dele

 

Até o sábado do GP do Brasil, o desempenho de Valtteri Bottas era excelente, pressionando Sebastian Vettel na disputa pelo vice. Entretanto, mesmo conquistando a Pole, fez uma prova “vergonhosa” e com nível de “piloto número dois”, afirmou Jacques Villeneuve, campeão mundial da temporada 1997.

O fim de semana vinha sendo perfeito para o finlandês que anotou a 3ª Pole no ano. Porém, logo nos metros iniciais da etapa foi superado por uma largada agressiva do rival alemão e não conseguiu retomar a posição.

Seb assumiu a ponta com uma largada forte, conquistando a posição de Bottas já no início do GP.

Bottas chegou 2s7 atrás de Vettel, mas apenas 2s7 à frente de Lewis Hamilton, que largou na ultima posição após acidente no Q3. “Foi uma ótima pilotagem de Vettel. Ele ganhou na largada”, afirmou Villeneuve. “Ele foi agressivo.”

Sem ameaçar o 1º lugar do tetracampeão da Ferrari durante a corrida, Villeneuve acredita que a dupla das Flechas de Prata não tem o mesmo ritmo. “Quando você vê aquilo que a Mercedes era capaz de fazer, Lewis terminou cerca de 3s atrás depois de ter largado dos boxes. É vergonhoso para ele. Valtteri simplesmente não está no ritmo de Hamilton. Tem sido assim o ano todo. Esse é o seu nível, que é um bom número dois.”

O ex-piloto da Fórmula 1 volta a fazer declarações fortes referente aos atuais motoristas da categoria. 

Agora, o condutor está 22 pontos atrás de Sebastian na luta pelo vice-campeonato, faltando apenas a etapa em Abu Dhabi. Caso não consiga a virada, Bottas seria o primeiro piloto da Mercedes a ser superado em um campeonato na era V6 turbo híbrida da Fórmula 1.