Vitória de Maldonado causa controvérsia na Venezuela | Race - O melhor conteúdo automobilístico
x

Vitória de Maldonado causa controvérsia na Venezuela

Oposição criticou empresa PDVSA pelo dinheiro gasto com Pastor Maldonado e se mostrou contra atitude do presidente Hugo Chávez, que comemorou a vitória do piloto na Espanha

Depois de tantos destaques e elogios, a vitória de Pastor Maldonado na Espanha viveu um capítulo negativo. A oposição ao governo do presidente Hugo Chávez, que exaltou o triunfo do piloto da Williams em Barcelona, deixou claro que não concorda com o grande patrocínio do atleta, a petrolífera PDVSA. Segundo as autoridades da Venezuela, o dinheiro investido em Maldonado poderia ter um destino beneficente.

Vitória de Maldonado na Espanha causou discussão entre políticos venezuelanos

Na última terça-feira, o advogado e político Yon Goicoechea publicou um texto no site do jornal ‘El Universal’. A nota do oposicionista ao governo Chávez teve como título ‘Maldonado e os idiotas’, deixando claro ser contra o patrocínio do piloto venezuelano.

“O governo dos pobres que paga 283 milhões de Bolívares — aproximadamente R$ 113 milhões — a um só homem, chavista ou não, para que corra na F1, enquanto os atletas de outras modalidades recebem pouco mais de um salário mínimo”, escreveu Goicoechea.

Em resposta, o defensor do governo Chávez, Jorge Rodríguez, criticou a atitude do rival político. “Com estas declarações, este senhor, um dos representantes mais ativos da direita venezuelana, Goicoechea chama de idiotas todos os venezuelanos de bem que estão felizes, como deve ser, pela vitória de Pastor”, declarou.