Wolff diz que Mercedes não consegue respirar

Wolff afirma que Ferrari e RBR estão chegando no nível da Mercedes

Chefe da Mercedes vê pressão dos rivais cada vez maior e ressalta que precisou da sorte para vencer em Mônaco

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, declarou que a pressão dos rivais sobre a equipe alemã está cada vez mais forte e que só venceu no GP de Mônaco por conta de um erro no pit stop da Red bull que atrapalhou Daniel Ricciardo. Segundo ele, não há espaço para a Mercedes respirar.

Wolff demonstra preocupação com pressão dos rivais

Wolff demonstra preocupação com pressão dos rivais

“Mônaco nos trouxe uma mistura de emoções. Para Lewis, foi exatamente o que o médico receitou. Para Nico, um monte de má sorte em uma corrida tornou uma tarde difícil. Mas a principal lição que tiramos foi a ameaça muito real da Red Bull, que levou uma estratégia ousada, um grande esforço de Lewis e um ainda maior fatia de sorte com o pit stop lento de Daniel para ganharmos”, comentou.

“Eu já disse isso muitas vezes antes, mas ainda não temos espaço para respirar neste campeonato. Manter qualquer vantagem é uma batalha constante, e a pressão só está ficando maior. Esta temporada imprevisível tem sido ótima para o esporte e mostra que a Fórmula 1 está viva e bem”, acrescentou.

A vitória em Monte Carlo foi a quinquagésima da escuderia alemã.