Alonso responde Rosberg: “não tenho bola de cristal”

Para Alonso, título de Hamilton foi muito fácil

Espanhol afirma não se arrepender das suas escolhas, apesar de lamentar o resultado delas

 

Após Nico Rosberg afirmar que a situação de Fernando Alonso não é resultado de azar, e sim de más escolhas, o espanhol rebate o atual campeão mundial: “não me arrependo de nenhuma decisão que tomei”. Alonso atualmente é o 16º no mundial de pilotos, e vem enfrentando diversos abandonos durante a temporada, além de não contar com um carro competitivo que o faça quebrar um jejum de vitórias que se arrasta desde 2013, quando ainda corria na Ferrari.

“Eu digo com frequência: toda vez eu escolho a melhor opção, a mais lógica. Infelizmente, não tenho bola de cristal. “O que aconteceu comigo é parecido com o que aconteceu com Michael Schumacher na Mercedes, onde as coisas não deram certo. Ou até mesmo com Lewis Hamilton, que não teve um bom primeiro ano na Mercedes”, disse Fernando Alonso sobre as críticas feitas por Rosberg. O espanhol, apesar do consenso sobre sua capacidade, não vence um título mundial desde 2006. Já são 11 anos sem levar o caneco da temporada para casa e 4 sem subir no lugar mais alto do pódio.

Alonso segue recebendo críticas devido à sua má temporada

“Estou orgulhoso por ter pilotado para Renault, McLaren e Ferrari. Quando me juntei a essas equipes, ninguém criticou minha escolha ou disse que era uma decisão ruim. Olhando agora é diferente, mas estou orgulhoso dos lugares onde estive”, explica Alonso.

O espanhol ainda não tem seu futuro certo para o ano que vem, apesar de tudo indicar que ele deve permanecer na McLaren, já que a equipe deixou para trás o motor problemático da Honda e deve chegar com mais ambição em 2018.