Após corrida segura, Raikkonen declara: “É vergonhoso para a F1”

Em Yas Marina Kimi fez uma corrida econômica, manteve a distância de Verstappen e quase subiu ao pódio de Abu Dhabi

 

O GP de Abu Dhabi realmente foi tranquilo para os condutores à frente do pelotão. O finlandês da Ferrari finalizou sem grandes sustos e conquistou a 4ª colocação da última etapa da temporada.

Defendendo a posição durante praticamente toda a disputa, Kimi Raikkonen manteve uma boa distância de Max Verstappen, o suficiente para tornar sua corrida segura até o 4º lugar. “Para ser honesto, passei a maior parte do tempo mantendo o combustível e a distância do Verstappen, enquanto me certificava de ter um tanque cheio o suficiente após a chegada, para evitar a desqualificação.”

Raikkonen administrou a prova e fez o necessário para encerrar bem a temporada.

“Nosso carro permitia que ambos terminassem no pódio, mas quando você é forçado a economizar, acaba ficando impotente. Me senti como se estivesse apenas passeando. É muito vergonhoso para a F1.”

O Iceman foi ordenado a gerenciar a prova de forma econômica, o que ele considera indigno dos padrões da Fórmula 1.  “Eu acho que é tudo, menos F1. Infelizmente, dependemos de regulamentações técnicas, e alguns circuitos como Yas Marina têm altos requisitos de consumo de combustível, mas todos nos divertimos hoje.”