Bottas diz que “longa distância dos eixos do W08 não é desvantagem” para Mercedes no GP de Mônaco

Bottas

O condutor finlandês acredita que ainda é possível ultrapassar com os novos carros no circuito de Monte Carlo.

 

Nesta sexta-feira (19), Valtteri Bottas comentou sobre suas perspectivas para o GP de Mônaco, corrida esta agendada para acontecer em 28 de maio, no circuito de Monte Carlo. Segundo o condutor finlandês, a utilização de eixos de roda largos do W08 Hybrid não deverá atrapalhar no processo de ultrapassagem ocorrida nos carros rivais da Mercedes na estreita pista do principado.

“Eu sempre tive bom desempenho em Mônaco”, afirmou Bottas em entrevista para a revista britânica ‘Motorsport’. “Sempre com a Williams, eu lutei maciçamente no circuito de Monte Carlo”, declarou. “Então, neste ano, eu não acho que iremos ter dificuldades com o nosso carro”, continuou.

Bottas afirmou que tamanho dos eixos de roda do W08 não é uma desvantagem para GP de Mônaco

“Eu não acho que a longa distância dos eixos do W08 é uma desvantagem. Na verdade ultrapassar em Mônaco sempre foi um desafio. E acho que será ainda mais por conta os novos carros”, complementou.

Bottas também comentou sobre seu desempenho no último GP da Espanha. O condutor da Mercedes não completou a prova por conta de uma pane na unidade de força do W08. Apesar disso, o finlandês reconheceu que seu carro estava mais lento no terceiro setor do circuito da Catalunha. “Eu acho que em termos de oportunidades, nós tivemos um bom fim de semana”, opinou.

“No entanto, notamos que o nosso carro não respondeu bem no terceiro setor [do circuito da Catalunha]. Lá é onde possui curvas mais acentuadas. E é preciso haver mais tração. Então, iremos passar por esta situação em Mônaco. Sabemos que a Ferrari é melhor do que nós neste aspecto, mas acho que podemos ser fortes”, declarou. “Mas [a corrida de] Monte Carlo também poderá guardar surpresas como a Red Bull”.