Começou hoje a decisão para Kubica

Kubica

Aconteceu há pouco, em Silverstone, o primeiro contato de Kubica com o carro da Williams, antes de teste mais sério no próximo dia 18

A briga pela vaga restante na Williams segue acirrada. Os pilotos que estão na disputa são Felipe Massa, Robert Kubica e Paul di Resta. Os dois últimos ganharam a chance de demonstrarem que podem substituir o brasileiro no ano que vem, em testes que ocorrem a partir do próximo dia 18. Kubica estava fora das pistas por seis anos até junho, e por isso teve  contato mais cedo com o carro de 2014 da escuderia inglesa, que aconteceu hoje. A equipe de Grove parece ser a melhor chance para voltar ao grid em 2018.

Robert Kubica saiu da garagem em Silverstone, Inglaterra, às 10h da manhã no horário local (6h em brasília). O polonês pilotou o FW36, carro utilizado pela Williams na temporada de 2014. O intuito desse primeiro contato é que o piloto possa se habituar aos comandos do bólido, além de indicar pequenos ajustes para que o carro se adapte às suas limitações físicas (como reconfiguração das posições de botões no volante ou no câmbio).

Kubica se prepara para a disputa com Massa e di Resta. 

O teste que servirá como definição ocorre para Kubica no próximo dia 18, em  Hungaroring, na Hungria. Já Paul, entrará na pista somente no dia 19. Quando isso acontecer, ambos estarão com o mesmo carro e o mesmo circuito, indicando que uma análise direta entre os dois possa ser feita.

Felipe Massa, atual piloto titular, já afirmou que esses testes não o incomodam, visto que não será possível fazer uma comparação direta entre ele e o polonês ou o piloto reserva da escuderia, que correrão com um modelo mais antigo que o seu. Mas o que se pode concluir é que, a partir dos testes, um adversário direto para o brasileiro poderá ser definido.