Dupla da Sauber destaca ansiedade para disputar GP da Austrália

Pilotos da Sauber

Pascal Wehrlein e Marcus Ericsson descreveram a importância da etapa disputada no circuito de Melbourne para suas carreiras na Fórmula 1.

 

Nesta sexta-feira (17), a dupla da Sauber comentou sobre suas perspectivas para o GP da Austrália, corrida esta agendada para acontecer no dia 26 de março, no circuito de Melbourne, em Albert Park. O primeiro a comentar na coletiva de imprensa do time de Hinwil foi Marcus Ericsson. O condutor sueco destacou sua simpatia pela pista australiana.

“Eu gosto muito de Melbourne, pois é um lugar fantástico”, destacou. “Os fãs e a atmosfera de lá são simplesmente ótimos. Eu sempre gosto de passear em Albert Park”, afirmou.

Pilotos da Sauber admitem ansiedade e empolgação para encarar GP da Austrália

“Começar a temporada de 2017 na Austrália é algo que podemos classificar como um desafio. Pois a corrida acontece duas semanas após os testes de inverno”, destacou. “Agora, temos que ver como as coisas funcionam. Temos um monte de dados e uma mentalidade positiva”, opinou.

“Albert Park é uma pista complicada. Ele é um circuito de rua permanente. E será a primeira vez em que iremos usar a nossa nova máquina em esse tipo de asfalto. O que pode ser muito interessante. Mas, tenho certeza que iremos encontrar o set-up adequado para esta etapa”, complementou.

Já Pascal Wehrlein classificou o GP da Austrália como patamar especial na sua carreira, visto que deverá fazer sua estreia na Sauber. “É um começo de um novo papel como piloto de F1”, destacou. “Tenho certeza que esta será uma nova fase, quando as cinco luzes se apagarem, eu terei a chance de mostrar o meu desempenho na equipe suíça”, continuou.

“O GP da Austrália será muito especial para mim, pois irá marcar a minha estreia na Sauber. Estou bastante otimista com isso. Tive bom desempenho durante a segunda fase da pré-temporada deste ano. Então posso ir para Melbourne entusiasmado com a temporada desafiante em que poderemos ter”.