“Estou em melhor forma física do que estava no passado”, afirma Kubica

Para o piloto, a atual capacidade de comandar um modelo da Fórmula 1 é praticamente a mesma de quando iniciou sua carreira

 

Na briga por uma vaga na Williams, Robert Kubica garantiu que 90% de sua capacidade de guiar um carro da Fórmula 1 é a mesma de antes de sofrer o acidente de rali em 2011.

O experiente condutor passou por um intenso treinamento físico e fez testes com a Renault e Williams durante todo o ano, em uma tentativa de retornar ao grid na próxima temporada.

Ele insiste que não está pilotando com apenas uma mão e que atualmente desfruta de uma melhor forma física, comparado ao ano da sua última corrida na modalidade, em 2010.

“Honestamente, tenho muito mais limitações no meu cotidiano. Dirigir um carro de F1 não é o mesmo que foi no passado. Ainda assim, minhas limitações são muito menores do que parece”, disse Kubica ao falar sobre sua condição física.

Em teste de pós-temporada da Pirelli, realizado em Abu Dhabi.

O polonês está confiante e surpreso com a evolução nos seus testes ao longo do ano. “90% da minha pilotagem é exatamente igual aos velhos tempos. Estou em melhor forma física do que estava no passado. Agora tenho que trabalhar muito mais, já que a idade não ajuda. No final, aprendi a viver com isso, a pilotar um carro de F1 com isso. E, no final, estou bastante surpreso com os resultados que vi.”

Robert fez o teste da Pirelli em Yas Marina e é o favorito para assumir a volante. Porém enfrenta uma dura competição para se firmar na Williams ao lado de Lance Stroll, com Paul di Resta, Daniil Kvyat e Sergey Sirotkin, buscando a oportunidade.