”Estou tentando ajudá-lo a diminuir toda essa pressão”, diz Lowe sobre Stroll

Stroll tem sofrido com as críticas.

Paddy Lowe admitiu que está auxiliando o piloto de 18 anos durante as corridas

 

O fato de ser um piloto pagante e de ainda não ter pontuado no campeonato tem deixado Lance Stroll bastante pressionado. Até o momento, o piloto da Williams abandonou em três oportunidades e nas duas em que conseguiu completar a prova, não pontuou. É por isso que Paddy Lowe, diretor geral da escuderia inglesa, está auxiliando o jovem piloto neste período.

A esperança de Lowe,  que admitiu que a falta de bons resultados está deixando Stroll e a Williams chateados, é que o piloto de 18 anos entre na pista com o intuito de se divertir. “Há um pouco de ‘coaching’ envolvido nisso. Gosto da posição desafiadora que ele está, mas estou tentando ajudá-lo a diminuir toda essa pressão.”

”É muito importante que ele consiga curtir durante as corridas. Ele ama guiar os carros, mas não está se divertindo e isso não ajuda. Sei que é mais fácil falar do que fazer, ainda mais com toda essa pressão”, continuou.

Stroll está sendo bastante pressionado nesta temporada

O diretor geral sabe que Stroll é muito criticado pelo fato de ser um piloto pagante. Questionado se o canadense merece ter uma vaga na Fórmula 1, Lowe respondeu positivamente. Ele aproveitou para lembrar que o jovem foi campeão da Fórmula 3 Europeia.

“É um piloto que gera muita expectativa, não só das pessoas que o cercam, mas do panorama como um todo. Há um foco sobre ele, sobre como ele chegou aqui e se realmente merece a vaga. Não há respostas fáceis para amenizar a pressão”, finalizou.