Hamilton garante a pole em mais uma classificação sem emoção

Hamilton mantém pole no Bahrein

Britânico superou o seu companheiro de equipe e garantiu a primeira colocação no grid de largada para o GP do Bahrein.

 

O contestado novo formado da classificação voltou a decepcionar os fãs, agora no Bahrein. Lewis Hamilton recebeu os parabéns pela pole position quando ainda faltavam quase três minutos para o fim oficial do treino de qualificação em Sakhir.

Hamilton fez a pole no Bahrein.

Hamilton fez a pole no Bahrein.

A pole de Lewis veio após o inglês cravar o tempo de 1min29s493. A marca foi 0,7s mais rápida do que a obtida pelo seu companheiro de equipe, Nico Rosberg. O germânico, por sinal, largará na segunda colocação, assim como aconteceu na primeira corrida do ano. A melhor volta registrada por ele no Q3 foi de 1min29s570.

A Ferrari também teve um bom resultado neste sábado. Sebastian Vettel cravou o terceiro tempo mais rápido. Já o seu companheiro de equipe, Kimi Raikkonen, foi o quarto piloto mais veloz.

Daniel Ricciardo, Valtteri Bottas, Felipe Massa e Nico Hulkenberg acabaram sendo vítimas do novo regulamento do treino de classificação. Todos eles receberam a informação de que estavam eliminados quando já tinham retornado aos boxes e saído do carro.

Felipe Nasr, brasileiro da Sauber, vai largar na última colocação. Ele cometeu um erro quando fazia a sua última tentativa e acabou não tendo um tempo suficiente para seguir no treino.

O treino

Em meio a polêmica sobre o novo formato dos treinos de classificação, a F1 seguiu para mais um fim de semana com o contestado modelo. A FIA até sugeriu o retorno ao sistema antigo, mas não obteve unanimidade entre os dirigentes, o que impossibilitou a alteração.

Q1

Assim como aconteceu em Melbourne, a primeira parte do treino de classificação foi bastante movimentada no Circuito de Sakhir. Por conta da eliminação progressiva dos pilotos, todos estiveram na pista pelo máximo de tempo possível.

E o primeiro eliminado do treino deste sábado foi um brasileiro. Felipe Nasr errou na volta decisiva e não conseguiu melhorar o seu tempo. Por isso, ele terminou o treino na vigésima segunda colocação. Mas largará em décimo primeiro, porque Kevin Magnussen terá que cumprir uma punição e largará dos boxes.

Na sequência, Rio Haryanto e Jolyon Palmer também seguiram o caminho da eliminação. Magnussen também teve que deixar a pista, com o décimo nono tempo – mas largará dos boxes, em último.

Sergio Pérez, da Force India, cravou o décimo oitavo tempo e também deixou o treino na fase inicial. Já Marcus Ericsson foi o décimo sétimo. Pascal Wehrlein foi a grande surpresa do treino. O jovem piloto da Marussia superou as expectativas e ficou na décima sexta colocação.

Q2

Se a primeira fase do treino foi bastante acirrada, o Q2 lembrou a última parte da classificação em Melbourne. Nos primeiros minutos, com todos os carros, todos os competidores foram para a pista. Entretanto, no decorrer das eliminações, os pilotos já começaram a desistir do treino antes mesmo de serem excluídos.

O primeiro a deixar o Q2 foi Daniil Kvyat, da Red Bull, com o décimo quinto tempo. Pouco depois foi a vez de Jenson Button e Esteban Gutiérrez, da McLaren e Haas. Stoffel Vandoorne, fazendo a sua estreia na F1, surpreendeu e largará em décimo segundo.

Quando Carlos Sainz Jr recebeu a informação de que estaria sendo eliminado em décimo primeiro, o mesmo já estava fora do carro há algum tempo. O mesmo aconteceu com Max Verstappen, que recebeu a notícia de que iria largar em décimo enquanto já estava se pesando.

Q3

Sem dúvidas, a fase final do treino de classificação foi a menos emocionante. Cientes de que não conseguiriam brigar pelas primeiras colocações, alguns pilotos desistiram de ficar na pista logo assim que começaram as eliminações. Desta forma, faltando seis minutos para o fim do treino, só as Ferraris e as Mercedes continuaram na pista.

O primeiro eliminado acabou sendo Nico Hulkenberg, da Force India. O alemão terminou na oitava colocação. Logo em seguida foi a vez de Felipe Massa receber a bandeirada. O seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, também já havia deixado o carro quando foi anunciada a sua eliminação. Já Daniel Ricciardo terminou em quinto.

Com a saída dos outros pilotos, só os competidores da Ferrari e Mercedes permaneceram na pista por mais tempo. Mas os carros vermelhos saíram logo em seguida – Sebastian Vettel largará em terceiro e Kimi Raikkonen em quarto.

Nos últimos minutos, Lewis Hamilton ainda superou o seu companheiro de equipe e garantiu a pole. Enquanto Rosberg ficou com o segundo tempo. Faltando três minutos para o fim da sessão, todos os competidores já haviam deixado a pista.

Confira os tempos:

Classificação - Bahrein