Horner diz que Red Bull não se sente ameaçada por Force India no Mundial de Construtores deste ano

Horner

O chefe de equipe taurino afirmou que a diferença de 19 pontos no campeonato não é algo que possa realmente colocar pressão para a escuderia de Milton Keynes.

 

Para Christian Horner, a diferença de 19 pontos que separa Red Bull Racing (RBR) da Force India no Mundial de Construtores não é algo que pode oferecer riscos para o time de Milton Keynes. O chefe de equipe taurino destacou que o time indiano está fazendo um grande trabalho nesta temporada. Mas que os principais rivais da RBR sempre continuar com Ferrari e Mercedes como principais referências.

“Nós não tivemos pontuando com os dois carros nas últimas duas ou três corridas, agora, nós precisamos fazer um bom trabalho”, afirmou Horner em entrevista para a revista britânica ‘Autosport’.

Horner não considera possibilidade de Force India ultrapassar Red Bull na disputa do campeonato

“Eles [Force India] estão fazendo um grande trabalho neste ano. Mas, em termos de ritmo, nossos carros ainda são superiores”, continuou. “O que acontece é que a Force India está maximizando o seu trabalho e suas oportunidades”, destacou.

“Mas, mesmo assim, eu sinto que existe uma grande diferença entre nós e eles [Force India]. Sim, os nossos rivais ainda são Mercedes e Ferrari. Não é todo o fim de semana em que podemos contar com disputas acirradas com Valtteri [Bottas] ou Kimi [Raikkonen]”, encerrou.

Sobre a disputa do Mundial de Construtores da temporada de 2017 de Fórmula 1, a Red Bull está ocupando a terceira colocação no momento. O time taurino possui 72 pontos, 81 a menos para a Ferrari que ocupa a segunda colocação e 89 atrás da Mercedes que se encontra no topo da tabela. Já a Force India é a quarta colocada com a pontuação de 53, 19 pontos a menos do que a escuderia de Milton Keynes.