Liberty Media vai propor venda das ações da Fórmula 1 para equipes do grid

F

De acordo com a imprensa francesa, a ideia é que as equipes possam ter participações no esporte, assegurando assim,  a possibilidade de melhorar as rendas financeiras das escuderias.

 

A Liberty Media vai propor a possibilidade de vendas das ações financeiras da Fórmula 1 para as equipes que fazem parte do grid. A informação foi citada nesta segunda-feira (9) pela revista francesa ‘F1i’. De acordo com a publicação, a alternativa tem a meta de tentar dar a possibilidade para as escuderias aumentar a sua renda complementar no esporte, ou seja, sem depender da premiação do Mundial de Construtores.

A revista também citou que a proposta que visa permitir a compra de ações financeiras da F1 pelas equipes deverá ser apresentada na próxima reunião do Grupo de Estratégia, que está agendada para o fim de fevereiro. A sugestão da Liberty também prevê o limite da venda das quotas para equipes de ponta como Mercedes, Ferrari e Red Bull Racing (RBR). Além desta alternativa, a ideia do novo teto orçamentário para as escuderias de ponta da Fórmula 1 também deverá ser debatida.

F