Na MotoGP, Honda troca fornecedor do sistema de exaustão

Honda terá novo sistema de exaustão na MotoGP.

Equipe agora utilizará o sistema bicampeão na Moto2.

 

Nesta quarta-feira (11), a Honda anunciou que fará uma alteração no sistema de exaustão das suas maquinas para o Mundial de MotoGP de 2017. A equipe deixará a parceria com a Termignoni e passará a utilizar o sistema da SC-Project.

A fabricante italiana equipou a moto de Johann Zarco no bicampeonato da Moto2 em 2015 e 2016 e também fornece o seu sistema para outras equipes da divisão intermediária do Mundial de Motovelocidade. Além disso, também está presente no Mundial de Superbike.

Honda terá novo sistema de exaustão na MotoGP.

Honda terá novo sistema de exaustão na MotoGP.

Tetsuhiro Kuwata, novo diretor da HRC, comentou a nova parceria e destacou a experiência da fabricante italiana como fundamental na escolha da Honda. “Nós estamos felizes em receber a SC-Project como patrocinadores oficiais do sistema de exaustão para o nosso Repsol Honda Team”, disse.

“A SC-Project tem uma forte experiência em alto nível das competições de moto em nível mundial, e nós estamos certos de que esta aliança vai se mostrar muito bem sucedida em termos de cooperação mútua e conquistas nas pistas”, complementou.

Em nota assinada pelos chefes da SC-Project, Marco de Rossi e Stefano Lavazza, a empresa destacou a nova parceria e comemorou o fato de fornecer seu produto para uma das maiores equipes da MotoGP.

“Para nós, é uma honra e uma alegria sermos um patrocinador técnico do sistema de exaustão de uma das equipes mais importantes da MotoGP, a Repsol Honda Team. Atualmente, a SC-Project é uma das líderes em sistemas de exaustão para motocicletas, com tecnologia de ponta desenvolvida diretamente em competições mundiais como MotoGP, Moto2, Moto3 e Mundial de Superbike, e nós temos certeza de que a colaboração com a HRC vai melhorar mais e mais a nossa marca e a nossa tecnologia de exaustão”, afirmou.