Nico Rosberg surpreende e anuncia aposentadoria da Fórmula 1

Rosberg disse ter sentido a pressão na reta final do campeonato.

O anúncio aconteceu na manhã desta sexta-feira, em Viena, durante conferência da Federação Internacional de Automobilismo

 

Uma verdadeira bomba pegou o mundo do automobilismo de surpresa. Nico Rosberg anunciou sua aposentadoria da Fórmula 1 durante a Conferência de Imprensa da FIA, em Viena, 5 dias após conquistar seu primeiro título mundial. “Cansado de tanto sacrifício”, o piloto da Mercedes alegou que não está disposto a passar por tantos percalços até chegar ao êxito mais uma vez.

O atual campeão do mundo relembrou as últimas temporadas em que disputou o título com Lewis Hamilton e assumiu que sofreu muito durante o período. “Decidi terminar minha carreira na Fórmula 1. Os dois últimos anos perdendo para Lewis foram muito difíceis.”

”Todos os problemas alimentaram essa minha motivação. Todas as vezes que eu chegava em casa e minha esposa sabia que eu precisava descansar. Ela sempre esteve ao meu lado para me dar apoio e fazer o que fosse possível”, continuou.

Rosberg conquistou seu primeiro título mundial no último domingo

Rosberg conquistou seu primeiro título mundial no último domingo

Durante a entrevista coletiva, Rosberg admitiu que atingiu o grande objetivo da sua vida e que o momento agora é o de aproveitar sua família. “Depois de 25 anos de corridas eu atingi o meu sonho de infância. O meu único e grande objetivo é ser campeão mundial de Fórmula 1 e eu consegui.”

Para Rosberg, abdicar de vários momentos familiares foi o principal motivo para desistir da sua carreira na Fórmula 1. “Renunciei muita coisa até atingir o meu objetivo.” E aproveitou para agradecer toda a paciência que sua esposa teve ao longo de todos esses anos na Fórmula 1. “Vivian sabe que ela é incrível. Ela percebeu que esse ano foi nossa grande oportunidade de ganhar. Finalmente consegui. Ela passou várias noites com nossa pequena filha e me ajudou muito.”

O alemão dá adeus para a Fórmula 1

O alemão dá adeus para a Fórmula 1

O alemão revelou que pensou na sua decisão ao entrar no carro, em Abu Dhabi, e que sabia que ali poderia ser seu último momento na categoria. “Senti-me bem e tudo ficou muito claro. Quis aproveitar cada segundo, pois sabia que poderia ser minha última chance. Quando chegou a segunda, sabia que a decisão foi definitiva.”

Sem esquecer do seu companheiro de equipe, Rosberg elogiou Lewis Hamilton e agradeceu por todos os anos da parceria. “Lewis é um piloto incrível. Um dos melhores de todos os tempos. Vencê-lo foi muito difícil.”

Salvar